Encontro franciscano reúne jovens de todo o Brasil

Sharing is caring!

fonte: www.franciscanos.org

Promovido pela Conferência dos Frades Menores do Brasil, o Encontro Nacional Franciscano de Juventudes (ENFJ) reúne jovens de todo o país para uma experiência de convivência fraterna, oração, vivência da espiritualidade e dos valores franciscanos. É, antes de tudo, um momento especial para fortalecimento dos laços e de renovação do ideal que nos une e motiva. É uma oportunidade de partilha daquilo que o Senhor tem feito e realizado por meio dos/das jovens de todo o Brasil, bem como dos desafios que enfrentam em suas realidades muitas vezes tão similares e, ao mesmo tempo, tão distintas.

Esse evento surgiu da necessidade de se ter uma aproximação maior entre os frades e os jovens. Em 2008, em Córdoba, na Argentina, realizou-se o Congresso Missionário, onde foi debatida a importância da presença franciscana entre os jovens e as atuais dificuldades na evangelização. Desse modo, decidiu-se realizar um grande encontro nacional voltado para os jovens representantes das paróquias e fraternidades franciscanas, como uma primeira tentativa de ouvi-los, entendê-los e aproximar-se deles.
O ENFJ é, então, um encontro entre jovens, frades, religiosas, leigos e leigas que se sentem unidos pela espiritualidade franciscana, para que, reunidos como família para estreitar os laços e percorrerem juntos os caminhos da evangelização, possam debater e aprofundar os temas e as dificuldades atuais do mundo juvenil.

1º ENFJ
Esse primeiro encontro aconteceu em Canindé – CE, no ano de 2011, e reuniu aproximadamente 540 jovens no Santuário de São Francisco das Chagas. Foram realizadas oficinas, partilhas, momentos de profunda espiritualidade e reflexão acerca do tema “Juventude, tua vida é missão”. A Missa de encerramento foi presidida pelo então Ministro Geral da Ordem dos Frades Menores, Frei José Rodríguez Carballo, que também esteve durante todo o encontro ouvindo e partilhando sobre a caminhada dos jovens. Neste encontro, os jovens discutiram sobre vários temas, a saber: ecologia, evangelização a partir da arte.

2º ENFJ
Entre os dias 9 e 12 de julho de 2015, na cidade de Anápolis – GO, realizou-se o II ENFJ, com o tema “Jovens com Francisco seguindo Jesus Cristo” e o lema “Vai e reconstrói a minha Igreja”. Neste encontro, os 450 participantes provenientes de todas as regiões do país fizeram a experiência de fortalecer a fé, conhecer o novo, aprofundar a espiritualidade franciscana e encontrar luzes para a sua caminhada.
Durante o encontro as juventudes refletiram que “a juventude comprometida com Cristo deve ter coragem para abraçar propostas positivas perante os grandes desafios da atualidade, tais como: o atual modelo econômico que gera exclusão, o extermínio de jovens, a cultura do descartável, a destruição da natureza e as injustiças sociais.” (Carta aberta do II ENJF). Além disso, concluiu-se que toda essa mudança esperada somente é possível mediante um engajamento político na busca da transformação da sociedade. Por fim, os jovens reafirmaram o seu desejo de apresentar a esse mundo a pessoa do Cristo da Esperança colocando-se ao lado dos crucificados de nosso tempo.
O 3° ENFJ será de 19 a 22 de julho de 2018, na cidade de Vila Velha – ES. O tema será “E o desânimo se converteu em ardor: permanece conosco, Senhor.” (Lc 24,29). Tendo em vista que estamos vivendo o ano do Sínodo da Juventude, proposto pelo Papa Francisco, esse encontro será de extrema importância para repensarmos a nossa caminhada de juventudes.

COMO SERÁ?
Nessa 3ª edição, o Encontro Nacional terá um diferencial que certamente irá marcar a vida de todos os jovens. Assim, seguindo a metodologia de Emaús e atendendo ao pedido do Papa Francisco de que sejamos uma Igreja em saída, nosso encontro, além de momentos de formação, mística, partilha e reflexão, também proporcionará uma atividade concreta aos participantes. Teremos um momento para visitar as famílias das comunidades da Paróquia Nossa Senhora do Rosário, sede do Encontro, conhecendo, assim, um pouco da realidade social e eclesial de Vila Velha.
Além disso, o objetivo é fazer desse encontro uma oportunidade de missão concreta, de modo que anunciemos a Boa Nova de Jesus para outras pessoas, tal qual os discípulos de Emaús que, depois de terem reconhecido Jesus ao partir o pão, voltaram para a Galileia como verdadeiras testemunhas do Ressuscitado.

MOMENTO SOBRE MISSÃO
Dentro da programação, foi pensado para o dia 20 um momento que ajude nossos/as jovens a refletir o sentido da Missão, a partir do que o próprio tema deste Encontro nos sugere que assumamos. Tendo presente um dos objetivos principais deste Encontro, o momento de Roda Viva (mesa-redonda), para o qual queremos contar com sua ajuda, visa despertar na juventude presente o desejo de sair em missão, através da reflexão e das provocações sua e dos demais envolvidos na construção dessa ‘vivência’, como também através do testemunho missionário de outros/as irmãos convidados.
A Roda Viva foi pensada pela Comissão Central do Encontro para ser assim constituída: cada participante terá 25 minutos para expor seu ‘eixo’ de reflexão, que será conduzido a partir da metodologia VER – ILUMINAR – AGIR. Logo após a explanação feita por todos, teremos um trabalho em plenária, onde abriremos para a participação ativa e direta dos nossos jovens: ecos da mesa redonda, ressonâncias, inquietações, dúvidas, perguntas, interação, concluindo com a complementação e provocações finais por parte dos assessores.

Composição da Roda Viva:
três pessoas; 25 minutos cada
VER: Hildete Emanuele (PJ – Salvador/BA): – Os rostos e realidades juvenis
ILUMINAR: Frei Pedro Junior, OFM (PFSAB – Campina Grande/PB): – A Iluminação Bíblica
AGIR: Carlos Neto (Bauru/SP): – Testemunho com os traços de Francisco
INTERMEDIAR: Frei Toni Michels, OFM (PFICB – Baixada/Rio de Janeiro)

Momento #pazebem:
Após os trabalhos em grupos (missão e por entidade) teremos esse momento de interatividade com os jovens envolvendo brincadeiras, dinâmicas, tarefas-relâmpago, encenações, etc. Trata-se de uma forma descontraída (no estilo Altas Horas) de os jovens questionarem e interagirem com os 3 assessores convidados (Hildete, Frei Pedro Júnior e Carlos Neto). Moderador: Frei Zeca, TOR (SP)
Como experiência ímpar a ser proporcionada, é importante destacar que nossos jovens vivenciarão uma experiência concreta de missão, que será realizada no dia seguinte (sábado). Dentro do que foi pensado para a programação, teremos partilha de algumas experiências que testemunham diversos ‘rostos da missão’.
Esse momento deverá motivar e encorajar os nossos jovens a irem em missão, nas diversas realidades que eles irão visitar, no período da tarde daquele mesmo dia.
Para este momento, que acontecerá no dia 21 de julho, das 10h às 11h, estão sendo convidados os seguintes irmãos, que terão 20 minutos, cada um deles para dar um breve testemunho missionário a partir da sua própria realidade: Frei João Messias, OFM (Missão Munduruku – PA); Mariana Rogosky (Curitiba – PR); e Washington Lima, Jufra (Secretário Nacional da JUFRA – SE).
Enquanto Comissão Central deste Encontro, que tem como objetivo garantir a harmonia e fluência do III ENFJ, a fim de converter em ardor e testemunho as diversas experiências juvenis no âmbito da CFMB, estamos certos de que sua participação e colaboração serão de fundamental importância para nos ajudar a construir mais esse momento de graça que o Cristo Ressuscitado nos convida a viver!

Frei Diego Atalino, OFM
Frei Wellington Buarque, OFM
Juliana Caroline
Rafael Corrêa
Comissão Nacional – 3º ENFJ

explica_170718

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *